Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nem sabia o quão difícil era uma remodelação até remodelar a cozinha e a casa de banho da minha casa. Mais tarde remodelei todo o apartamento! Quero partilhar consigo dicas, como poupar, onde comprar e muito mais.

Nem sabia o quão difícil era uma remodelação até remodelar a cozinha e a casa de banho da minha casa. Mais tarde remodelei todo o apartamento! Quero partilhar consigo dicas, como poupar, onde comprar e muito mais.

Tudo sobre relva artificial para jardins!

 

Quando me mudei para a minha nova casa tive de tomar uma opção quanto ao que fazer no meu jardim.

 

Na altura, os cerca de 250 m2 de jardim estavam apenas com terra batida e sempre que se levantava um pouco de vento, o pó andava todo no ar, sujava a roupa a secar no estendal e entrava em nossa casa.

 

Era óbvio que teria de fazer algo. Tinha na altura algumas opções para o jardim:

  1. Colocar deck compósito;
  2. Colocar relva natural;
  3. Colocar relva artificial;
  4. Fazer um jardim de pedras/seixos;

 

Por uma questão de falta de tempo para a manutenção e também por temer contas de água astronómicas, acabei por não avançar com a relva natural.

 

Ao mesmo tempo e apesar de gostar de jardins com pedras, não queria que todo o jardim tivesse apenas pedras porque daria – na minha opinião – um ar pouco acolhedor.

 

O deck, apesar de ficar muito bonito, também não era opção para todo o jardim porque além de ficar um pouco estranho, ficaria muito caro até porque o preço do m2 de deck em compósito fica entre os 30-40€. Acabei por colocar uma parte em deck mas não a maior parte.

 

Assim, e como já tinha excluído as 3 opções, para poder avançar e decidir qual a relva artificial a comprar fui pesquisar preços.

 

 

Preços de relva artificial

 

O preço da relva artificial depende muito da qualidade do material utilizado, da densidade e da espessura.

A largura dos rolos, pelo que percebi, é bastante similar entre as várias marcas e tipos diferentes de relva, tendo todos os rolos 2 metros de largura, com comprimentos variáveis entre os 5 e os 15 metros.

 

Para terem uma ideia das diferenças de preço dos vários tipos de relva artificial:

  • Relva com espessura aproximada de 6-8mm e uma densidade de 8.000-8.500 fios por m2, ficava por cerca de 4 a 4,5€ já com Iva incluído.   
  • Relva com espessura aproximada de 30mm e uma densidade de 15.000-16.000 fios por m2, ficava por cerca de 13 a 14€ já com Iva incluído.

 

A minha escolha recaiu na opção mais cara essencialmente por 3 razões:

  1. A relva mais barata não parecia relva verdadeira, os fios eram demasiado afastados entre eles.
  2. A relva mais cara, além de ter um impacto visual mais significativo também apresentava melhor qualidade e tinha uma garantia de 8 anos (contra os 3 anos da mais barata).
  3. A relva mais cara é resistente a raios UV, o que significa que não muda muito a tonalidade, nem fica queimada quando é sujeita a muito calor e na zona onde moro faz muito calor no verão.

 

Relva artificial sintetica boa qualidade

 Acabei por escolher uma relva artificial de alta qualidade apesar de ser mais cara.

 

 

Onde comprar relva artificial?

A primeira ideia que nos salta à cabeça é passar no Maxmat, AKI ou Leroy Merlin (os dois últimos pertencem ao mesmo grupo) e fazer lá a compra. Esta é uma má ideia!

 

Pelo que me apercebi, os preços estão muito inflacionados nestas superfícies comerciais. O ideal é comprar em casas especializadas porque além de ser mais barato, ainda nos dão concelhos muito práticos e úteis para a instalação, o que nem sempre acontece nas outras superfícies comerciais mencionadas.

 

No meu caso, optei por comprar num fornecedor em Azeitão, que além de me vender a relva a um excelente preço, ainda me deu umas boas dicas de instalação da mesma.

 

 

Como aplicar a relva artificial

 

Temos sempre de começar pela base e vai precisar de um terreno bem alisado e uniforme.

 

No meu caso, como o jardim estava todo em terra, tive de começar por bater e alisar bem a terra, colocar uma manta geotérmica (necessária para impedir que outras plantas germinem por baixo), espalhar pó de cimento e gravilha, voltando a alisar novamente.

 

Após isso, comecei a estender os rolos de relva artificial, sempre na mesma direção do pelo. A minha ideia foi ir encostando uns rolos aos outros e depois ajustar e fazer recortes conforme a necessidade.

 

Quando completei o puzzle e vi que ficava com um bom aspeto, fui buscar um pouco de manta geotérmica, cortei tiras ao correr das junções do rolo e utilizei-a para juntar as peças, com um pouco de cola específica para isto.

 

Este é o trabalho mais difícil! Após isto é apenas necessário alisar bem as junções, despejar os quilos de areia de sílica e com uma simples vassoura ir espalhando bem a areia, que vai ajudar a tapar alguns buracos que fiquem mais percetíveis no relvado.

 

E pronto, voilá um relvado novo!!!   

 

Se ficaram com algumas dúvidas na leitura do processo acima, deixo abaixo um vídeo sobre como aplicar relva artificial que me ajudou imenso:

 

 

Update a 30.03.2022

Passados 6 anos deste post e da aplicação da relva artificial, posso dizer com toda a segurança que esta é mesmo uma boa escolha! 

A relva não mudou de cor, nem ficou queimada. Continua exactamente igual como no dia em que a comprei. 

Tenho a certeza absoluta que foi um excelente investimento e aconselho-o, caso queiram a minha opinião.

 

Update a 29.04.2023

A relva artificial continua em excelente estado de conservação! Nem sequer a rego quando está muito calor (em Azeitão por vezes temos temperaturas perto dos 45-46º). Já agora, podem ver aqui o meu projeto de cerca de madeira para o jardim.

 

Dúvidas? 

Força deixe um comentário abaixo.

 

Um abraço

 

 

  

10 comentários

Comentar post